carla
Partilhe
Instituto de Ortodontia de Lisboa - Medicina Dentária, Aparelhos Dentários, Ortodontia

Protese fixa e removível

As próteses dentárias vêm resolver os problemas estéticos resultantes da falta e falhas nos dentes, assim como restaurar as suas funções mastigatória e fonética.

Quando existe parte da estrutura do dente a opção é sempre preservar, sendo a prótese fixa a escolha ideal, pelo seu conforto e estética

Prótese fixa



As próteses fixas são constituídas por coroas, pontes e próteses totais suportadas por implantes.

As coroas são capas que se destinam a reconstituir a coroa natural do dente parcialmente destruído. Implica a existência de parte da estrutura do dente que se propõe reconstruir e ao qual será colada através de um cimento próprio.

A ponte é uma restauração protéctica destinada a substituir um ou mais dentes, apoiando-se em dentes vizinhos ao espaço desdentado.

Prótese removível

As próteses removíveis podem ser parciais e totais. As parciais removíveis podem ser totalmente em acrílico ou terem uma parte metálica chamada esqueleto e destinam-se a substituir um ou mais dentes. Estas últimas são conhecidas como esqueléticas.

As próteses parciais removíveis em acrílico são as mais baratas e deveriam ter apenas um carácter temporário. No entanto são as mais usadas por razões sócio económicas. Este tipo de prótese é mantida na boca pelas retenções presentes nos dentes que ainda restam. Apoia-se nos tecidos moles e no caso de algumas esqueléticas também nos dentes naturais ainda presentes.



Powered by Bluesoft